Tecnologia do Blogger.

Resenha Percy Jackson e o Ladrão de Raios

by - 14:41


Percy Jackson e os Olimpianos #1 - O Ladrão de Raios
Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Ano: 2008
Número de Pags: 400
Nota:



SINOPSE

“E se os deuses do Olimpo estivessem vivos em pleno século XXI? E se eles ainda se apaixonassem por mortais e tivessem filhos que pudessem se tornar heróis? Segundo a lenda da Antiguidade, a maior parte deles, marcados pelo destino, dificilmente passa da adolescência. Poucos conseguem descobrir sua identidade.
Percy Jackson está para ser expulso do colégio interno... de novo. É a sexta vez que isso acontece. Aos doze anos, esta é apenas uma das ameaças que pairam sobre esse garoto, além dos efeitos do transtorno do déficit de atenção, da dislexia... e das criaturas fantásticas e deuses do Monte Olimpo, que, ultimamente, parecem estar saindo dos livros de mitologia grega do colégio para a realidade. E, ao que tudo indica, estão aborrecidos com ele.
Vários acidentes e revelações inexplicáveis afastam Percy de Nova York, sua cidade, e o lançam em um campo de treinamento muito especial, onde é orientado para enfrentar uma missão que envolve humanos diferentes – metade deuses, metade homens -, além de seres mitológicos. O raio-mestre de Zeus fora roubado, e é Percy quem deve resgatá-lo.
Com a ajuda de novos amigos – um sátiro e a filha de uma deusa – Percy tem dez dias para reaver o instrumento de Zeus, que representa a destruição original, e restabelecer a paz no Olimpo. Para conseguir isso, precisará fazer mais que capturar um ladrão. Terá de encarar o pai que o abandonou, resolver um enigma proposto pelo Oráculo e desvendar uma traição mais ameaçadora que a fúria dos deuses.”
Esse foi o começo de uma paixão que dura fortemente até os dias de hoje. Eu, como amante de mitologia – a grega em especial – fiquei completamente curiosa e empolgada por encontrar um livro que trata dela de uma forma mais atual, com deuses vivos, semideuses, monstros, tudo o que parecia estar enterrado junto a Grécia Antiga.
O livro é muito fácil e rápido de ler, tem uma leitura bastante fluída e informal. Ele é contado na primeira pessoa, como se ele estivesse escrevendo em um diário. Isso, a princípio me deu um pouco de desânimo, já que eu estava acostumada a contos em terceira pessoa. Entretanto, a narrativa foi tão divertida que logo deixou de ser um problema.

O enredo é simples, com três heróis seguindo uma missão para salvar o mundo, enfrentando seres mitológicos, e descobrindo que há algo muito maior do que imaginavam. Os personagens são cativantes, mas não se aprofundam muito, e apesar disso você enxerga neles muitas coisas. Amizade, bravura, lealdade, mas também insegurança, medo e o incomodo de não se sentir confortável no mundo comum. É um tema que apesar de ser denso, passa pela leitura como breves sussurros.

Mas confesso que uma das melhores partes foi ver como os deuses foram aparecem, como pessoas normais, e a imagem da divindade se quebra um pouco ao vê-los arrogantes, orgulhosos e até mesmo agindo como crianças mimadas, já que sempre conseguem tudo o que desejam. E embora sejam incrivelmente poderosos e olhem os mortais como meros peões, sentem inveja de suas criações que, apesar de sua brevidade pelo mundo, fazem esse instante valer a pena, e colocam todo o seu coração e alma em suas ações.

Foi um livro muito gostoso de ler, e reler. Recomendo para quem gosta de mitologia grega, e gostaria de vê-la sob uma nova ótica, e para quem não gosta mas gostaria de conhecer, ou simplesmente quer se divertir e se aventurar com nossos heróis.

E essa foi a primeira resenha do blog! O que vocês acharam? Já leram o livro? A primeira saga na verdade não foi lida esse ano, mas pra fazer a resenha dos outros eu preferi começar pelos primeiros e evitar muitos spoilers(?). E é isso, até a próxima!

You May Also Like

4 comentários

  1. Eu amo Percy Jackson, foi a partir dessa saga que me apaixonei pelo mundo da literatura!
    Sua resenha ficou ótima!
    Beijos.
    Meu Livro Fantástico | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! Eu entrei lendo Harry Potter, mas Percy Jackson me encantou por igual

      Excluir
  2. Nunca li Percy Jackson porque meu primeiro contato foi com o filme (que não foi muito bom haha) então fiquei com um pé atras, mas a resenha ficou tão magica que deu até vontade de ler haha..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, o filme não tem nem 30% da história que se desenvolve no livro, infelizmente... não é uma história que agrada a todos, mas se você curtir Harry Potter, talvez Percy Jackson te agrade também. Obrigada pela visita, volte sempre! <3

      Excluir