Olá pessoal!! Hoje tem resenha, mas de um ponto de vista novo e mágico para vocês. Uma nova colaboradora está no blog, e estreia com essa resenha maravilhosa sobre um livro que muitos fãs desse universo gostaram, enquanto outros nem tanto.

Harry Potter e a Criança Amaldiçoada - Parte um e dois
Autor: J.K. Rowling, Jack Thorne, John Tiffany
Editora: Rocco
Ano: 2016
Número de Pags: 352
Nota:



SINOPSE

Sempre foi difícil ser Harry Potter e não é mais fácil agora que ele é um sobrecarregado funcionário do Ministério da Magia,marido e pai de três crianças em idade escolar. Enquanto Harry lida com um passado que se recusa a ficar para trás, seu filho mais novo, Alvo, deve lutar com o peso de um legado de família que ele nunca quis. À medida que passado e presente se fundem de forma ameaçadora, ambos, pai e filho, aprendem uma incômoda verdade: às vezes as trevas vêm de lugares inesperados.

Ansiosamente aguardado por milhões de fãs, o oitavo livro da saga de maior sucesso de todos os tempos chega às livrarias de todo o Brasil no dia 31 de outubro, em edições brochura e capa dura. Harry Potter e a criança amaldiçoada é a edição impressa do roteiro de ensaio da peça escrita por J.K. Rowling em parceria com Jack Thorne e John Tiffany, que está em cartaz em Londres e sepassa 19 anos após os acontecimentos narrados em Harry Potter e as Relíquias da Morte.

Ponto forte: A oitava história, dezenove anos depois. Franquia de maior sucesso do mercado editorial mundial.
Prateleira: Para novos e antigos fãs de Harry Potter e leitores de fantasia em geral.


A famosa historia do bruxinho que desde cedo tinha seu destino traçado, retornou em forma de peça de teatro contando a história 19 anos depois da queda de Voldemort.

Em a criança amaldiçoada vemos um Harry já adulto casado com Gina, lidando com uma rotina estressada no trabalho, e com os três filhos com personalidades distintas. Thiago, o filho mais velho tendo puxado o humor a lá Fred e Jorge; Alvo, o filho do meio, cheio de medo e inseguranças e Lilian a caçula que não tem muito espaço na trama.

A peça basicamente conta o que acontece quando Alvo vai à Hogwarts, tendo que lidar com a fama de seu pai que se torna algo insuportável e as grandes expectativas de professores e alunos por ser um dos Potter. Vemos um lugar que fora chamado de lar se tornando em pesadelo para Alvo e ele indo contra a tudo que se espera de um Potter.


Logo no inicio Alvo conhece seu único amigo, Escorpio, filho de Draco Malfoy, que também esta lidando com a fama de seu pai e boatos criados Deus sabe por quem. Ambos encontram um no outro um porto seguro, o que na minha opinião diz muito sobre amizade. O que diferencia os dois é como lidam com a situação, Alvo trás sempre revolta, armagura e um crescente rancor que ele desenvolver contra Harry. Já Escorpio lida com muito bom humor e otimismo (e sem querer mostrar favoritismo mas já mostrando, foi meu personagem favorito desse livro).

Em meio a brigas com Alvo, reuniões no ministério da magia e sonhos que recomeçaram a ter lugar em suas noites Harry apreende um vira tempo (objeto ate então extinto já que todos tinhan sido destruídos na batalha pela profecia no departamento de mistérios) só que este é um modelo mais avançado permitindo voltar um período maior de tempo.

Alvo descobre e tem a brilhante ideia de voltar no tempo e salvar Cedrico de ser morto, só que alterações no passado significam alterações no futuro e então se segue inúmeras consequências que vão dando enredo a história e um possível ressurgimento das trevas.


Eu li a criança amaldiçoada logo depois de ter terminado a serie de livro de Harry Potter, mas isso não baixou minhas expectativas com essa historia de 19 anos depois. Eu confesso que senti falta daquele aprofundamento dos personagens, talvez se tivesse isso não teria odiado tanto Alvo haha..

Mas eu entendo que a historia era um scrip, portanto sem espaço para aprofundamentos (alguém fala pra nossa rainha J.K que ta liberado transformar o script em livro literário).acontece muita coisa na historia mas você nem percebe pois a leitura é tão rápida que da aquela sensação de ter pulado folha sem querer, o legal é que no final tudo se encaixa, tudo se encontra, podemos dizer que não ficam pontas soltas. Ah, e também lendo o scrip me deu uma súbita vontade de fazer teatro e interpretar o Escorpio haha.

A parte não tão legal é que não senti a magia e nem nostalgia principalmente nas cenas em Hogwarts, mas convenhamos que na visão de Alvo o lugar não parece tão atrativo então acabou que não foi ponto negativo (consegui sentir o quanto Hogwarts foi detestável pra ele)


Eu super recomendo pra quem, assim como eu é movido pela curiosidade de saber o que acontece depois, e se bater aquela vontadinha de interpretar a peça comenta aqui pra eu não me sentir sozinha haha..

Beijos de luz



2 Comentários

  1. Miga sua loca curti pra cacete, continue nessa e Beijos de Luz

    ResponderExcluir
  2. Tipo eu ainda não li e preciso ler para preencher minha mente nem um pouco comum com fanfics aleatórias maravilindas babadosas!

    ResponderExcluir