Olá leitores queridos!!

Hoje vim fazer a resenha de um livro muito fofinho, sofrido e alegre da autora Renata. R. Correa, "As coisas não são bem assim - Sobre a vida e o amor. Vem conhecer um pouco mais sobre ele! <3

As coisas não são bem assim - Sobre a vida e o amor
Autora: Renata R. Corrêa
Editora: PandorgA
Ano: 2017
Número de Pags: 136
Nota: 
Onde comprar: Amazon | Saraiva

Sinopse:

Clarice, uma jovem estudante de medicina, perde seu namorado, que acreditava ser o grande amor de sua vida, às vésperas da formatura, após sofrerem um grave acidente de carro. Morre com Guilherme um pouco da alegria de viver de Clarice, da sua esperança e do seu futuro. Depois de mais de um ano do falecimento do seu amado, o destino coloca na vida de Clarice, Henrique, um jovem advogado viúvo e pai da Duda, uma linda menininha loira, muito esperta e amorosa. Envolvidos por um sentimento sincero, terão que enfrentar grandes dificuldades e um sofrimento inesperado. É uma bonita e delicada história sobre recomeços, fé, esperança e sobre o poder do amor.



"Você acha que o amor é vermelho? - perguntou, fazendo-me rir sem saber o que responder.
-Talvez seja vermelho... Talvez azul, mas quem sabe não seja ele amarelo como um dia de sol quente ou branco da cor da paz? Você acha que a paz é mesmo branca?[...]"
As coisas não são bem assim, pag 11 - 12


Bom gente, eu tinha combinado de verdade em postar primeiramente aqui as primeiras impressões desse livro. Mas eu não consegui parar de ler para escrever. Eu simplesmente quis ler até o final, e saber o que acontecia. Então teremos logo a resenha completa, haha.

O livro é narrado em primeira pessoa pela Clarice, uma jovem que logo cedo na vida, passou por uma fase muito difícil. Durante seus anos na faculdade, Guilherme, o amor da sua vida acaba perdendo a vida em um trágico acidente de carro. Claro que isso é o suficiente para desestruturar qualquer pessoa, e não foi diferente com ela. Depois disso ficou um ano isolada, trabalhando de plantão no hospital, e apenas passando um dia após outro, com a dor constante no peito, a falta de uma parte sua, que se fora junto a seu amado.

"Foi a dor de uma vida interrompida em plena juventude, a dor de sonhos esfacelados, a destruição de uma família que um dia se formaria, de filhos que não serão mais gerados. Enterrei um pedaço de mim naquele dia."
As coisas não são bem assim - Pag 17 - 18

Mesmo injusta, a vida continua, e tudo o que resta a Clarice é seguir em frente. Então, um encontro inesperado acontece entre ela, e uma pequenina de cabelos loiros e seu pai em um supermercado. Mal sabia ela que esse encontro iria mudar sua vida.

Depois de um encontro um tanto estranho, ela descobre que o jovem pai, Henrique, coincidentemente (e que coincidência! haha) é o chefe de sua amiga Teresa, que por sua vez a convidou a ir ao aniversário da filha dele, Duda. Quando ela aceitou o convite, eu logo liguei e já imaginei que seria o rapaz do supermercado, e sua filha linda!

Depois de apresentados (oficialmente, claro haha), eles se encantam, conversam e compartilham um pouco de sua vida e sua tristeza um para o outro (Henrique é viúvo, e sua mulher acabou falecendo devido a um câncer), e passam a encontrar um no outro aquele motivo a mais para levantar da cama todos os dias, aquele disparar do coração, e a euforia de estarem juntos, coisa que haviam esquecido há algum tempo.

- Não...Não estou procurando as coisas mais simples da vida! Querer me encontrar com você já diz tudo. Somos dois sobreviventes de tragédias da vida, isso poderia ser simples? Ou ao menos será que isso poderia dar certo? [...]"
As coisas não são bem assim, pag 43

O livro estava com aquele ar gostoso, de aquecer o coração, mas ainda mal tinha passado da metade. E eu já fui pensando "ai meu deus, se ta tudo tão perfeito agora, alguma coisa deve estar para acontecer". E foi exatamente isso!!! Fiquei primeiro chocada, e depois muito triste e indignada. (não contarei o que acontece, porque considero um grande spoiler e sugiro que leiam para descobrir! haha).

Em meio a esse turbilhão, onde estão em um momento de superação e redescoberta de sentimentos, a situação em que a vida acabou impondo a eles foi uma provação muito dura, e enquanto lia, torci o tempo todo para que nada de ruim acontecesse! Logo para eles, que já sofreram tanto... eles não mereciam mais uma dor.

Ver como eles se apoiam, se ajudam e estão sempre presentes na vida um do outro para qualquer coisa, foi muito especial. Pulei com os primeiros telefonemas de Henrique para Clarice, e queria saber que rumo iria tomar a história. Duda foi uma fofura á parte, que garotinha mais linda!! Não tem como não se apaixonar por ela.

Acho que só senti falta de um pouco mais de diálogo entre os personagens, mas mesmo assim Renata nos mostra que a vida não é sempre como nós planejamos, muitas vezes ela sai do rumo. Mas que mesmo assim, ainda estamos vivos, e não devemos desistir dela, porque assim como há tristeza, também há muitas surpresas maravilhosas te esperando. Só é preciso ter a coragem, e a força para seguir em frente. É uma lição de vida contada com personagens lindos, e com uma história super gostosa!!

"Enfim descobri que a cor da felicidade pouco importa quando ela é sentida de verdade."
As coisas não são bem assim - pag 131

O que acharam da resenha?! Se gostaram fiquem atentos, vamos ainda postar muita coisa sobre essa autora linda! Confiram o livro dela, é uma gracinha e tenho certeza de que vão se sentir com aquele sentimento gostoso no coração.

Comentem com a gente!! já leram? recomendam outros desse gênero ou da autora? Vamos conversar sobre! ;)

Até a próxima, e ótimas leituras!!

2 Comentários

  1. Ah, que resenha linda! Muito obrigada pelo carinho, querida! Sucesso com o blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renata! Obrigada pela oportunidade de conhecer essa história tão fofa!
      Muito sucesso a você também!!

      Excluir