[Resenha] A Casa da Montanha - Giselle Jacques



Olá queridos, como estão?

A resenha de hoje vem com um toque caprichado de amor e sofrimento, da minha parte é claro haha.. Ler esse livro me vez sentir nostalgia do meu tempo de colégio, pois eu adorava esse tipo de romance, e é muito legal ver que essa paixão ainda permanece. Mas vamos à resenha?


Sinopse

A CASA DA MONTANHA, livro de estreia de Giselle Jacques, lançado em 2012, traz uma terna história de amor. A trama atravessa mais de três décadas e conta os segredos de meninos que se tornam homens. A autora vagueia pelas nuances de um relacionamento homoafetivo usando de uma sensualidade sutil e harmônica, que deixa tudo, ou quase tudo, à disposição da imaginação do leitor. A história é sobre Oscar e Francis, dois amigos de infância que crescem para descobrir a paixão. Unidos em seu amor secreto, dividem alegrias sublimes, tristezas aterradoras e ainda uma terceira pessoa, a terceira ponta de um triângulo perfeito.Tudo isso é narrado por Julia, a filha de Oscar, que publica o diário de seu pai como seu último desejo. Um livro apaixonante da primeira à última página!


O título ou a capa não conta muito sobre o livro se você não sabe os significados dos elementos que o compõem, muitas vezes fui questionada se era um livro espírita, um engano até compreensivo mas na realidade é um romance homo afetivo apaixonante e a playlist que escolhi para lê-lo foi regada de músicas de Anavitoria, pois sem dúvida as músicas trazem uns tons de amarelo e laranja que a história merece. (Sim eu sou dessas loucas que vê cor em tudo haha) até porque eu imaginei o livro ensolarado como nas propagandas de margarina na TV haha. 

A história é narrada por Julia, filha de Oscar, que através do diário de seu pai nos apresenta uma história de amor. A narração começa com Oscar voltando á casa de campo da família, um menino de 15 anos, retraído e recluso que foi mandado ao colégio interno onde sofreu com a solidão e a culpa de algo que ele fez no passado.

Oscar imagina a casa na montanha como um castelo onde ele é o rei, com torres e pedras enormes, jardins floridos e seres fantasiosos, lembrança de uma infância passada na casa. 

Logo quando volta ele não sente a nostalgia e a casa nem é tudo isso que ele lembrava, apenas um chalé normal. Até que ele encontra Francis o destemido, o cavaleiro do rei nos tempos de brincadeiras, e a sensação de nostalgia finalmente o cerca.

Francis é primo de Oscar, ele é mais novo porém age de forma mais madura tanto com situações quanto com sentimentos. Francis conta o real motivo de estarem de volta a casa na montanha: Sua família esta com problemas financeiros e precisa de dinheiro, então irão vender a casa.




"Ficaram ambos parados sem dizer nada. Amigos daquela infância remota, tentando encontrar traços familiares um no outro. Francis não era tão pálido quanto Oscar, tinha os cabelos e os olhos muito escuros, sobrancelhas finas e as faces constantemente rosadas. A boca de lábios estreitos puxava para a direita sempre que ele ameaçava sorrir. Francis, o destemido! Ainda menos que Oscar em estatura, mas sempre o mais esperto, o mais ousado, matando dragões e capturando unicórnios nos jardins reais. Agora, dois jovens estranhos parados na neblina diante do chalé da família Coutto Gomes." - Pag. 09
Nossos meninos resolvem relembrar os velhos tempos, com as velhas brincadeiras de rei e cavaleiro. Em certo momento a culpa de Oscar vem a tona, um beijo do passado que em sua mente, o levou para o colégio interno, o distanciando de todos que ele amava. Francis logo desmente a culpa, mostrando maturidade apesar da idade. 

Passando alguns dias juntos na casa da montanha, Francis e Oscar tem a chance de intensificar novamente seus laços. A relação que ambos tinham neste ponto da história era de dependência, principalmente para Oscar, que via Francis como uma espécie de porto seguro para enfrentar o mundo, mas logo sentimentos mais profundo vão surgindo e situações impulsivas são relatadas com muito sentimento porém com certo pudor, deixando para a imaginação do leitor o primeiro beijo do casal.

"Falei sem pensar. Mal imaginava eu o que viria. Sabia apenas que, se Francis estivesse ali, eu estaria seguro." - Pag. 15
A temporada na casa da montanha chega ao fim e nossos meninos precisam voltar para suas casas, Oscar precisa estudar muito para seguir os passos do pai e Francis também precisa voltar para sua escola, mas antes eles precisam achar uma lembrança para que fique com eles sempre para relembrar os tempos na casa da montanha. Francis acha duas pedras brancas de formato triangular e esta será a lembrança que levarão consigo. Antes de irem embora Francis e Oscar vivem uma situação nova com um terceiro garoto, Daniel que também acaba ganhando uma pedra como lembrança, eles prometem se reencontrar e seguem seus destinos.

A vida de Oscar vai bem, cheia de estudos e expectativas por parte de seu pai, porém o garoto consegue manipular bem as situações que vão surgindo a sua frente. Já a de Francis não vai a mil maravilhas, seus pais estão falidos e brigando como nunca e ele, só quer saber de liberdade e viver a vida, seus pais mesmo na atuação situação se preocupam com o futuro do filho.

Oscar se aproveita desta situação para conseguir ficar mais tempo com Francis, coisa que não acontece desde a viajem a casa da montanha. Oscar que aprendeu a ser manipulador e discreto convence seus pais e tios que irá dar aulas complementares para Francis passar no vestibular. Aqui nossos rapazes aprofundam seu relacionamento e fazem planos juntos.

Logo quando vão para a faculdade Oscar consegue convencer seus pais a deixá-lo morando sozinho com seu primo próximo a faculdade e aqui conhecemos o quanto a habilidade de Oscar em manipular é indispensável ou como mães não são nem um pouco manipuláveis. O que importa é que Oscar e Francis criam seu ninho de amor, onde podem ser eles mesmos, se conhecerem e se amarem da forma que bem entenderem.

Daqui em diante vemos o amadurecimento do relacionamento dos dois, o ressurgir da terceira ponta do triangulo e como os rapazes irão lidar com isto. Vemos o quanto eles se esforçam para manter as aparências e seguir com o plano de seus pais, como as coisas podem dar errado e ao mesmo tempo certo e como o desfecho de tudo pode ser emocionante.



"Ao perguntar por seu tesouro, Francis deixou seu lugar quase correndo, retirando da estante da sala o porta-joias transparente e deixando cair na palma da mão as três pedras brancas triangulares. No fundo do porta-joias, ainda descansava o cordão preto que Daniel costumava usar prendendo sua pedra." - Pag. 116

Eu li este livro sem muita expectativa, e eu gosto de começar assim, sem estar esperando nada por que acabo me surpreendendo. "A Casa da Montanha" sem dúvidas esta entre os meus 5 livros favoritos. A história é sobre amor, mas de forma diferente pois em vários livros de romance você só vai ver o casal junto nas últimas páginas e aqui você tem o prazer de adentrar e viver como telespectador do romance de Oscar e Francis, de sentir toda a intimidade construída entre eles e este foi o mais bacana.

Os personagens são ótimos, eu não lembro de ter odiado nenhum pois todos foram muito bem construídos e de certa forma seguiram um senso convincente. Meu personagem favorito foi sem duvida nenhuma o Francis, este rapaz virou meu crush haha.. Ele tem uma carisma espontânea que cativa qualquer um, é cheio de conteúdo e conversa sobre tudo, este personagem inspira liberdade e expressão.

O Daniel é um lindo, ele foi o segundo personagem que mais gostei, pela humildade em conseguir seus objetivos, mas o mais importante foi que ele serviu como uma porta de escape muitas vezes para o casal, e esta terceira ponta do triangulo não poderia ser mais ninguém, Daniel é o meio termo entre Oscar e Francis e é incrível como essa relação dá certo.

Já o Oscar eu não odiei, mas também não foi puro amores. Ele não foi um personagem ruim, de forma nenhuma, mas personagens ambiciosos demais não me causam empatia e normalmente tomam decisões que me fazem pensar "Para, você esta estragando tudo!!". 

Eu simplesmente adorei este livro, a forma intima que a autora nos expõe o romance sem parecer vulgar foi perfeita para este triangulo, o final é emocionante e vai te fazer sentir em uma montanha-russa de sentimentos. Eu fiquei chocada mas não poderia ter sido melhor, não ficou nenhuma ponta solta, a autora concluiu o livro de forma excelente e sem pressa.

Recomendo o livro para todos que estão preparados para ter uma leitura emocionante, intima e sem preconceitos.

E por hoje é isso queridos. Espero que tenham gostado de ter lido a resenha assim como eu amei faze-la <3

E você, já leu este livro ou algum outro da Giselle Jacques e quer recomendar pra gente, deixa nos comentários!

Um até logo e beijos de luz,

Ritch

39 comentários

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. achei legal sua resenha, me interessei, vou procurar e também comprara para minha amiga que ama esse tipo de livro. mas como você falou, leia quem não tiver preconceitos. Um beijão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ary! Que bom que gostou da resenha, esse livro é muito bom aposto que sua amiga irá adorar a leitura!!

      Obrigada pela visita!!

      Excluir
  3. Parece ser uma leitura de muita sensibilidade. Deve ser uma história bonita, vou procurar por ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Patricia! A história é realmente muito bonita e sensível, eu sou suspeita de falar sobre isso que sou bem sentimental haha mas se tiver a oportunidade de ler, será uma leitura maravilhosa!

      Obrigada pela visita!

      Excluir
  4. gostei bastante do livro a historia me pareceu fluir muito bem anotei o nome e irei mostra pra uma amiga tambem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem? Que bom que gostou do livro, é uma ótima leitura para se ter!!

      Obrigada pela visita!

      Excluir
  5. Oi
    Tudo bom?
    Pelo visto esse livro tem altos e baixos, ainda mais porque os dois precisam manter as aparências para não descobrirem a opção deles.
    Estou curiosa com o desenrolar da trama.
    Bela resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michele, tudo sim e com vc?
      Esse livro tem mais altos do que baixos viu, 80% do livro você vai ficar tipo "Owwwwwwnnnt!" nos outros 20% vc vai ficar triste e chorar haha mas a leitura é muito boa!!

      Obrigada pela resenha!!

      Excluir
  6. Falou de amor cabousse... rsrs
    Adoro romances literarios.
    Eu também n custumo colocar muitas expectativas no começo de uma leitura nao me indentificando cntg.rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Elisangela, tudo bem?

      Menina eu juro que não gosto muito do gênero mas estou pegando uns livros tão maravilhosos que estou quase aceitando a pessoa romântica que existe dentro de mim haha

      Obrigada pela visita!!

      Excluir
  7. oi!
    Eu adorei o livro :D a historia parece ser maravilhosa. Fiquei curiosa e já coloquei na lista de leitura ;)
    bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Joana!Que bom que gostou do livro, espero que goste da leitura!

      Obrigada pela visita!

      Excluir
  8. Acho muito fofo quem ler com uma playlist... confesso que só consigo me concentrar em uma coisa, se forem duas ou mais eu já me perco, no máximo um som de chuva, para viajar, mas cantado não dá.
    Amei tua resenha, você escreve muito bem, parabéns.
    Não conhecia o livro, mas a história parece ser emocionante e eu adoro histórias emocionantes.
    Sucesso e abraços!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem? Confesso que quando comecei a ler com playlist eu tinha que reler umas 3 vezes pra poder entender, mas agora flui que é uma beleza haha..
      Ainn que bom que gostou da resenha, é sempre bom ler um elogio assim <3
      A história é muito linda e emocionante..Se um dia decidir ler será uma ótima leitura!

      Obrigada pela visita!!

      Excluir
  9. Puxa, faz tempo que eu não leio um livro desse estilo também!
    Adorei sua resenha, especialmente as fotos, uma graça!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem? Que bom que gostou da resenha e das fotos, fiz com muito carinho ambas <3
      Se faz tempo "A casa da montanha" é o livro ideal pra recomeçar no estilo ein!!

      Obrigada pela visita!!

      Excluir
  10. Eu nunca li um livro de romance homo afetivo mas achei bastante interessante essa história, não sei se vou ler pois a minhas lista de prioridades está gigante porém vou tentar. Beijos 💋

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Laiane! É um romance muito gostoso de ler.. Eu amo esse tipo de livro e recomendo esse pra ti, pois vai se impressionar com o enredo!

      Obrigada pela visita!

      Excluir
  11. Olá, tudo bem? Não conhecia este livro ainda, mas depois da tua resenha fiquei bem curiosa pra ler. Parece ser uma estória bem emocionante...

    Beijos,
    https://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Larissa! É muito emocionante acompanhar o Oscar e o Francis nesse enredo riquíssimo que a Gisele nos trás no livro <3 Recomendo muito a leitura!

      Obrigada pela visita!

      Excluir
  12. Preciso desse livro! Capa linda e o enredo sensacional!
    Amo romances assim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado!

      Obrigada pela vista!

      Excluir
  13. Oiiie,
    Ainda não conhecia esse livro, aparentemente ta todo mundo falando tão bem do livro que deve ser ótimo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alzinete! É um livro muito bom mesmo, espero que tenha a oportunidade de ler!

      Obrigada pela visita!

      Excluir
  14. Olá, tudo bem?

    Não conhecia esse livro, mas já fiquei bem interessada, pois parece ser o tipo de história que me cativa e me faz devorar as páginas rapidamente. A capa está muito linda e esses personagens que despertam sentimentos diversos são os melhores. Adorei a resenha, muito boa!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alice! É uma história tão emocionante e gostosa de ler que não tem como não devorar cada página! Fico feliz que tenha gostado da resenha!

      Obrigada pela visita!

      Excluir
  15. Nunca li um romance homoafetivo, tenho curiosidade. O livro parece ser ótimo!

    Beijinhos <3 Blog Tanamoda / CK Designs / Rede Natura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Camilla! É um livro muito gostoso de ler!

      Obrigada pela visita!

      Excluir
  16. Gosto muito de livros com personagens bem construídos - me dá até gosto de começar a ler um livro já sabendo que não vou me irritar com os personagens, que eles vão parecer verdadeiros para mim. Esse livro ainda tem um plus por trazer personagens homossexuais. Já ganhou uma estrelinha pra mim...

    Sua resenha está ótima - bem verdadeira em relação aos pontos positivos da obra...

    Beijos

    Degradê Invisível
    Degradê Invisível

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luisa! Eu também prezo muito personagens bem construídos, os desse livros não tem como não cativar o leitor <3

      Fico feliz que tenha gostado da resenha!

      Obrigada pela visita!

      Excluir
  17. Gostei muito do livro, tem uma historia cheia de sensibilidade e emoção.
    Amei o Daniel e criei duvidas sobre o caráter do Oscar, fiquei curiosa para saber mais.
    Bjinhos,
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! São personagens com personalidades distintas mas que se fossem diferente a trama não teria dado tão certo!

      Obrigada pela visita!

      Excluir
  18. Oie, tudo bem? Que resenha mais incrível. Impossível não querer começar ler o livro no mesmo instante. Ele é muito denso, com uma história bem construída e personagens marcantes. Ainda não conhecia a autora mas fiquei encantada com seu talento. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Erika! haha fico feliz que tenha gostado tanto da resenha, espero que tenha oportunidade de ler o livro, é ótimo!

      Obrigada pela visita!

      Excluir
  19. Nossa, nunca tinha escutado falar de um livro que tratasse sobre relacionamentos homossexuais. Achei incrível, especialmente por ser um tema tão delicado abordado de maneira tão terna. Boa dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Samara! Sim, hoje em dia estamos sendo presenteados com muita literatura que aborda todos os tipos de amores, e eu amo isso <3 Espero que tenha a oportunidade de ler este livro!

      Obrigada pela visita!

      Excluir
  20. A história parece ser muito boa, achei bem envolvente e acho que amaria logo na primeira leitura. Adorei a resenha e acho um a ótima indicação!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Isabel! Aposto que se você começar a ler o livro não vai mais querer parar até chegar ao fim, é uma história linda <3

      Obrigada pela visita!

      Excluir